quinta-feira, 7 de abril de 2011

CORUJAS EM APLIQUÊ

"A tragédia da vida não está em não alcançar seus objetivos. A tragédia está em não ter objetivos para alcançar."
Benjamin E. Maya


Segundo o Horóscopo Xamânico,Corujas são muito observadoras e silenciosas.
Pessoas coruja são inteligentes, bem articuladas e discretas. Seu olho para os detalhes faz delas perfeccionistas. A Coruja necessita de liberdade de expressão. É vivaz e presta muita atenção aos detalhes. Curiosa e adaptável, tende a abarcar mais do que pode. É valente e decidida, e sabe ser versátil. Sua natureza é sincera e estudiosa, e pode ser muito compreensiva, ainda que às vezes lhe falte tacto. No amor, adora a aventura e é atraído por pessoas exóticas. Precisa variedade e intensidade de sentimentos, mas, acima de tudo, alguém com quem possa conversar e compartilhar seus múltiplos interesses intelectuais.


Durante a história da humanidade, as corujas simbolizaram algumas vezes o conhecimento, a sabedoria, como quando a coruja era conhecida como a ave símbolo da deusa da sabedoria, Atena, dos gregos. Mas também a morte ou um elo de ligação com o mundo espiritual. Na maioria das culturas ocidentais, as opiniões sobre as corujas se transformam com o decorrer dos tempos. Podendo portanto servirem tanto como indicadores das condições de seu habitat como podem indicar o comportamento cultural e religioso local e de como o ser humano se relaciona com a terra.


Seu olhar sempre atento, hábitos noturnos e vocalização criaram muitas lendas para estas aves. Encontramos a figura da coruja representada nas mais variadas formas de cultura, como por exemplo entre os Cherokees norte-americanos, no folclore russo, no mexicano e até entre os aborígines da Austrália.
Entretanto, em algumas culturas, as corujas simbolizaram o mal, o demoníaco, ou uma ligação com a morte e por isso eram temidas, atacadas e mortas. Hoje, ainda temos várias lendas com as mesmas conotações, mas a coruja possui agora um grande respeito com a compreensão dos papéis que ela ocupou no desenvolvimento cultural de cada povo. (NET)

A Sueli retratou muito bem as corujas em seu trabalho de patch apliquê, não acham?

Beijos, Iêda

7 comentários:

Marcia Accioly disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Vendas Tupperware disse...

Quero te convidar a me seguir e participar do sorteio de uma tupperware (as legitimas)que tá rolando lá no meu blog! Basta seguir e deixar seu email ok? Te aguardo
bjs
http://vendastupperware.blogspot.com

Bela disse...

Lindo Iêda, Lindo!! Sueli está de parabéns!! Beijos!! Bela

http://belachadebaunilha.blogspot.com/

Cátia Amélia disse...

Pode ser que um dia deixemos de nos falar...
Mas, enquanto houver amizade,
Faremos as pazes de novo.

Pode ser que um dia o tempo passe...
Mas, se a amizade permanecer,
Um do outro há de se lembrar.

Pode ser que um dia nos afastemos...
Mas, se formos amigos de verdade,
A amizade no reaproximará.

Pode ser que um dia não mais existamos...
Mas, se ainda sobrar amizade,
Nasceremos de novo, um para o outro.

Pode ser que um dia tudo acabe...
Mas, com a amizade construiremos tudo novamente,
Cada vez de forma diferente.
Sendo único e inesquecível cada momento
Que juntos viveremos e nos lembraremos pra sempre.

Há duas formas para se viver a vida:
Uma é acreditar que não existe milagre.
A outra é acreditar que todas as coisas são um milagre.

Da amiga
http://catiaartesmanuais.blogspot.com/

Leticia Klein disse...

Olá Ieda!!
Não é que achei uma sagitariana que ama corujas e também é Klein como eu???
Adorei o post sobre as nossas amigas corujas, uma hora que puder vem me fazer uma visitinha e conhecer meu blog, lá tem muitas corujinhas também!!!!
Um abração!
http://ateliecompass.blogspot.com
Leticia Klein

mc.celestino disse...

Oi Iêda...
Gostei muito deste texto. Muito interessante.Gosto também das frases que vc coloca nas postagens.
Parabéns para a "arteira" pelo trabalho. Eu adoro corujas.

Bjs
Maria Cândida
oprazerpeloartesanato.blogspot.com

Dani disse...

Adorei o texto e a arte! Ao corujas. beijo d. Ieda!