domingo, 10 de julho de 2011

BAINHAS ABERTAS

"As coisas difíceis levam muito tempo. O impossível pode demorar um pouco mais."
Anônimo


Bainhas, sempre clássicas e tão belas.
Estamos iniciando um novo núcleo de artesanato, no bairro João XXIII. As alunas que já estão lá escolheram as bainhas abertas para iniciar seus trabalhos. E já participaram da Exposição. São só 5 por enquanto, mas deram conta direitinho do proposto.
Vejam:
bainha usando fios desfiados unidos por ponto quadrilátero
e cruzamentos com ponto cerzido



ponto ajour nas beiradas formando palitos que depois foram torcidos de 4 em 4.
no cruzamento foi feita uma "aranha"com ponto sombrinha.

neste trabalho os palitos formados pelo ajour foram trançados 2 a 2 com um simples cruzamento de fios no encontro das colunas desfiadas. O arremate da peça foi feita com ponto ajour.

um trabalho igual ao 1º mostrado aqui.


aqui foi usado o ponto reto como acabamento das beiradas da bainha amarrada em 3 feixes.

outro trabalho como o primeiro mostrado.
Todas fizeram os pontos de bainha , por isso os trabalhos estão repetidos.Mas sempre com um toque pessoal.



Para este início escolhemos o tecido etamine pela facilidade de contar os fios. Esta é sempre a minha didática, começar com o fácil que incentiva as alunas por ter efeito positivo mais rapidamente.
Estou muito feliz com o que estas alunas, as caçulinhas , já fizeram.

Beijos a todas, Iêda

2 comentários:

Marilia Baunilha e Patch disse...

Trabalhos lindos, Iêda! Parabéns às alunas e à mestra.

Beijos,

Eneida

Iêda Klein disse...

Oi, amiga!
Como sempre presente, hein? Obrigada pela atenção.
Beijos, Iêda