segunda-feira, 27 de julho de 2009

CALDAS DA RAINHA - TESOURO PORTUGUES

"Não basta amar os outros, é preciso que eles o percebam."
J. Langbehn



A nossa cultura é toda derivada dos portugueses e outros europeus que colonizaram o país. Em se tratando de artes manuais, desde o Brasil colonia estamos recebendo e adaptando todo tipo de atividades.
Especificamante no bordado podemos citar o exemplo do Hardanger, típico da Noruega, os pontos do bordado xadrez vindos do Bordado Espanhol, os bordados livres vindos da Ilha da Madeira entre outros.
Portugal é de uma riqueza sem par em se tratando de bordados à mão.Lá os bordados tomam o nome do lugar de onde veem: bordado de Guimarães, de Tibaldino, das Caldas...É deste que quero falar: do bordado que vem de Caldas da Rainha , uma estância de águas medicinais.
Este aqui:


Ele tem uma história linda...Eu conheci através da revista"Arte IDEIAS"de fevereiro/97.
A revista apresentou" o Bordado Tradicional "CALDAS DA RAINHA" como Filigranas de Amor tecidas com os dedos da Gratidão".Trouxe vários motivos para bordar e a história do início deste trabalho na cidade de Caldas.Vocês encontram esta história em
Vale a pena ir conhecer e se emocionar. No perfil da Ines,entrem em Bordados das Caldas da Rainha e encontrarão as possíveis origens de tão lindo bordado.

Já viram que bordado me encanta, não é? Se deixar, falo sem parar.Por isso, fico por aqui, pedindo a Deus que muitas pessoas queiram fazer este lindo e sóbrio trabalho que tende a se perder sem apreciadores...
Beijos, beijos...

25 comentários:

Carla disse...

Lindissimo trabalho, acho bem que pessoas como tu nao deixem "morrer" esta arte fabulosa. Parabéns e muita inspiração. Beijão

Michele disse...

Que coisa mais LINDA!!!
Parabéns.
Bj
Fica com Deus.

Maria Lúcia disse...

Oi Iêda! Seu Post ficou lindo. O bordado é muito bonito. Assim vc irá conseguir fãs para ele muito rápido. Um abraço.

Iêda Klein disse...

Querida Carla, passei lá para ver a minha menina triste e descobri que o Rei do Baralho está com ela.Bom!!!
Quanto ao Caldas, amei assim que conheci. É lindo, não?
A Ines Timoteo é que escreveu a pouca ênfase dada a este trabalho.Uma pena mesmo.Aqui eu tento passar mas as alunas acham muito trabalhoso.Não difícil, só muito bordado.
Fazer o que , não é?
Beijos, Iêda

Iêda Klein disse...

Michele, que o Senhor acompanhe sempre a todos aí. Boa semana!

Iêda Klein disse...

Maria Lúcia, você viajou? Está curtindo suas férias? Eu estou com saudades das aulas, dos papos, dos risos...
Beijos, Iêda

Aldora disse...

Lindo Bordado e falar assim dos Portugueses me deixou sem palavras, temos bordados muito bonitos mas poucas pessoas hoje já os sabem fazer, até croché quase ninguém faz nas cidades eu quando mais nova achava que era coisa de velha.
Boa semana e beijinhos
Aldora

Marcia Pergameni disse...

Oi Ieda!!! Eu amo fazer caixinhas de microondulado, são fáceis e rápidas!!!! Bjuuuuuuuuus

Giovana disse...

Oi Iêda,
Vim agradecer as palavras carinhosas que deixou para mim. Tenha certeza que me deram muita força.
Sabe que me encanto com a maneira como vc faz suas postagens. Você mostra os trabalhos e ao mesmo tempo ensina tanta coisa! Obrigada por dividir conosco seus conhecimentos.
Que Deus continue te iluminado sempre.
Bjs,
Giovana

Ana Oliveira disse...

Oi

Vou entrando...
Venho da Carla...
Que lindo o seu blog e como gostei de encontrar, tão longe, a divulgação de uma arte que se faz tão pouco por cá.
Com sua licença, vou linkar o seu blog no meu, pois tenho a certeza de que algumas alunas minhas gostarão de vir até aqui para aprender mais sobre tantos e tão variados pontos de bordado.

Um beijo

Ana

Iêda Klein disse...

Marcinha, gosto muito de ensinar às alunas formas de valorizar seus trabalhos. Uma das melhores é caprichar na apresentação,não é? Um lindo trabalho apresentado numa linda embalagem vale mais...Emtão ensino confecção de caixas e/ou decoração de caixas do comércio em geral.E uso muito o ondulado, cuja apresentação já é ótima por si.
Beijos, Iêda

Iêda Klein disse...

Giovana, você é muito carinhosa comigo.Agradeço e digo de coração que gosto muito de você.
Beijos.

Iêda Klein disse...

Ana querida,
entre. Venha sempre! A porta e o coração estão abertos. É só chegar que vou amar a sua presença e a visita de suas alunas/amigas.
Beijos

Vanessa B.M. disse...

Nossa, Iêda, que preciosidade! Muito bonito. Este tipo de bordado eu ainda não tinha visto.
Como há mil possibilidades com linha e agulha!
Obrigada por compartilhar a referência.
Beijos,
Vanessa

Iêda Klein disse...

Pois é , Vanessa!
O bordado nos oferece mais possibilidades que o bombril.
Além de ser terapia!!!...Bombril não é!
Falando sério, linha e agulha proporcionam relaxamento, tranquilidade, satisfação, é antidepressivo, vence a insônia...
Por que não bordar?
Beijos.

calma que estou com pressa disse...

dona Ieda este trabalho está lindo! me apaixonei! realmente acho que somos parentes mesmo!
está de parabéns
bjs

Iêda Klein disse...

Oi, Lúcia! É só Iêda ou Minhosa, como preferir.A dona é nossa mãe do céu: dona das graças ,das bênçãos, dos pedidos, da esperança, de tudo de bom!
Iêda por escolha de minha mãe ou Minhosa por apelido dado pela Isa.As amigas dela me chamam assim. Ou Leda quando o leitor acha que i maiúsculo é L.Menos dona porque senão meus 62 começam a pesar. E isso "não pode!"

Fiquei mais de hora no seu blog hoje, conhecendo a nova prima, claro!Deixei recado lá.
Agora, tchau. Beijos.

Jacque disse...

Tenho um selinho para você no ARCO - IRIS ENCANTADO.

Beijo.

Jacque

calma que estou com pressa disse...

olá ! adorei teu comentário!
voce vai esar na expominas ! este ano eu não sei se vou expor, ou só visitar, ano retrasado expus, vendi bem prá caramba! e ano passado ganhei convite para todos os dias, e fuiiii...fiz todas as oficinas que tem lá, coisa que não se pode fazer quando está expondo!
bjs

Fátima disse...

Oi Iêda, antes de mais quero dizer que também tive dúvidas em relação ao i ou l do seu nome, acredita que só agora fiquei esclarecida? Ainda pensei perguntar mas resolvi esperar e valeu... Seu blog continua lindo, com trabalhos maravilhosos. É verdade, Portugal tem tantos bordados e já pouca gente sabe fazer, mas mesmo assim tenho sido surpreendida desde que estou neste mundo dos blogs. Achava que muito poucas meninas já faziam estas artes e afinal aparece muito gente jovem, que bom. Quando puder passe no meu cantinho, tem uma flor lá esperando por você.
Beijinhos

isabel tiago disse...

Muitos parabéns por este bordado das Caldas da Rainha.
Nunca vi nenhum pessoalmente e também tive conhecimento através da mesma revista. O que eu não esperava, era ser uma senhora brasileira a simpatizar com esta forma de arte.A universalidade é uma grande força.

Isabel

cibelle disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
cibelle disse...

Oi,LInda...
Quero aprender este bordado CALDAS DA RAINHA.quando vai começar,rsrs.conte já comigo ok.
Mulher! Eu não sei o que disser de voce!!É MARA...
>>>>>BEIJUSS<<<<CIBELLE<<<<<

Geralda disse...

olá Ieda.
somos quase vizinhas, eu moro em Brasília mas nasci em Cordisburgo que é bem pertinho de Curvelo.
É um prazer estar aqui com você e ver tantos trabalhos bonitos e capricahdos.
parabéns!
geraldamariz@gmail.com

Geralda disse...

Parabéns!