quarta-feira, 2 de setembro de 2009

BAINHA DA DILMA...LINDA!

"Quando não se pode fazer tudo o que se deve, deve-se fazer tudo o que se pode.
Santo Agostinho




Amigas, minha passagem é rápida.
São dois recados do coração.

Primeiro é para alertar sobre as postagens desta semana. Aguardem novidades do aniversário do "Agulhas e Sonhos". Um sonho!!!!

E também para mostrar o sonho que ficou a primeira bainha feita pela alunamiga Dilma. Um orgulho!!!!! O 1º de muitos que virão.


Fiquem com Deus.
Beijos .

9 comentários:

Cristiane Oliveira disse...

UAU, QUE SHOW!!!!

Marli disse...

Olá colega!
Ficou maravilhosa, adorei!
Parabéns a sua aluna.
Abraços com carinhio,
Marli

Quinha disse...

Oi Iêda...
Parabens para a Dilma e tambem para a professora que tão bem soube ensinar a Dilma!
Ficou lindo,se esse é o primeiro trabalho...imagine os próximos!!!
Que bom,que bom,mais pessoas interessadas nas bainhas.
Beijos para vc e para a Dilma!

Maria Lúcia disse...

Lindo trabalho, Iêda! Parabéns à professora e aluna! Um abraço.

Dona Doçura Artesanatos disse...

Boa tarde Amiga,amada você nem tem idéia do quanto gosto de cada uma de voceis,adoro esse nosso mundinho cheio de trabalhos lindos,troca de informações etc,muito bom.
Amiga fica com Deus e muitosss beijinhoss !

Dona Doçura Artesanatos disse...

OBRIGADA pelo meu aniversário !
BJSS ...

Lilian Janine disse...

Lindíssima!
Um encanto! Parabéns para a aluna e para a professora!
Beijs

nilda disse...

Hola !te encontre en el blog de mi compatriota Evelyn de Paraguay!y te cuento que tenemos tambien un bordado tipico llamado ao-po´i,ademas del ñandutí si te interesa te podria mostrar las técnicas un abrazo!

Ana Oliveira disse...

Olá Iêda

Agora me emocionei!

Em 2001 (se não estou em erro), fui convidada pelas tintas Gato Preto para ir daqui de Portugal à Feira Internacional de S. Paulo, com trabalhos feitos por mim com as diversas gamas de tintas da marca. Durante a feira tive o previlégio de ver a pintora da fábrica, Suely, a pintar em tecido, uns frutos maravilhosos, sobre um pano de cozinha que depois recebi de oferta. Quando voltei a Lisboa resolvi tentar repetir a pintura (que saiu muito bem, felizmente) e para isso escolhi uma toalha de mãos, em linho,de minha bisavó paterna que tinha feito ela mesma a bainha aberta. E quer saber uma coisa? era igualzinha a esta que agora encontrei aqui feita pela Dilma.
Que voltas a vida dá, eu a pintar um trabalho aprendido aí no Brasil e alguém daí fazendo uma bainha igual as que minha bisavó fazia!

Um beijo para a Dilma e para si, professora maravilhosa que é, tenho a certeza!

Ana